Within Temptation – Hydra

Por: Gisele Santos

hydraNo fim de janeiro, a banda holandesa Within Temptation lançou o clipe de uma canção do novo CD Hydra. Trata-se de“Whole World is Watching” com a participação especial deDave Pirner(frontman do Soul Asylum). E esse vídeo serviu para apresentar a mudança sonora que viria no novo trabalho.

Conforme previsão de lançamento, finalmente fevereiro chegou com o sexto CD saindo do forno, agora mais pop, contendo dez músicas inéditas e algumas participações especiais. Fãs das antigas talvez não estejam curtindo muito essas mudanças, pois quando Within Temptation surgiu em 1996 fazia doom metal e atualmente navega pelo metal sinfônico e dá alguns mergulhos no pop.

Mas quem não é radical e sabe que o tempo sempre muda tudo, notará que Hydra é um trabalho de qualidade e é perceptível como a banda amadureceu e não perdeu a essência. Apesar de soar bem comercial, talvez para conquistar espaço em mídias de imprensa mais populares, o peso continua presente sem perder as raízes.

Sharon den Adel está cantando poderosamente melhor. Os riffs das guitarras de Ruud Jolie, Stefan Helleblad e Robert Westerholt (que também arrasa nos guturais), são contagiantes – principalmente nas faixas mais pesadas: “Silver Moonlight” e “Tell Me Why”. Já com dezoito anos de estrada, é incrível como os músicos do Within Temptation conseguem manter a harmonia.

“Let Us Burn” é a música que mais contém arranjos eletrônicos, tornando-a dramática, além do refrão difícil de sair da cabeça. “Paradise (What About Us?)” com participação de Tarja Turunen (ex-vocalista do Nightwish) em dueto com Sharon é a melhor música de todo o álbum, que emociona e merecidamente também ganhou videoclipe. Em “Dangerous”, Howard Jones (ex- Killswitch Engage) e Sharon conseguem equilibrar os estilos vocais completamente diferentes – provando que essa parceria era possível.

Como nem tudo são flores, o tropeço desse CD é a participação do rapper XZIBIt, em “And We Run”, sem química alguma com o Whithin Temptation – sendo a única mudança que não valeu a pena arriscar. Mas não que isso impeça Hydra de fazer parte dos melhores de 2014.

Tracklist:

1. “Let Us Burn”
2. “Dangerous” (com Howard Jones)
3. “And We Run” (com XZIBIT)
4. “Paradise” (What About Us?)(com Tarja)
5. “Edge of the World”
6. “Silver Moonlight”
7. “Covered by Roses”
8. “Dog Days”
9. “Tell Me Why”
10. “Whole World Is Watching” (com Dave Pirner)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário