The Maine traz as raízes emo de volta em show surpreendente em São Paulo

Por: Juliane Assis
Foto: Edi Fortini

No último sábado (15/07) a banda de pop-punk americana The Maine se apresentou no Tropical Butatã, em São Paulo. O grupo abriu a turnê do seu álbum mais recente, o “Lovely Little Lonely”, e energizou com muita simpatia e talento a noite de centenas de adolescentes enlouquecidas.

O show de abertura ficou por conta da Michael Band, um jovem garoto (Michael Richardson) tocando músicas indies acompanhado de um violão e de muita coragem para se apresentar diante a um público relativamente grande. Com composições de autoria própria e um cover da banda principal (da música Taking Me Dancing), ele conquistou a galera aos poucos, mostrando muito talento e ainda agradeceu diversas vezes falando que “abrir o show de sua banda favorita não tem preço”.

A casa não estava lotada, mas isso não foi problema para o The Maine (formada por: John O’Callaghan – vocal, Kennedy Brock – guitarra e vocal, Jared Monaco – guitarra, Garrett Nickelsen – baixo e Pat Kirch – bateria), que entrou rigorosamente as 19 hrs e não decepcionou em nenhum instante. Os fãs enlouquecidos gritaram, cantaram e bateram palmas durante todo o tempo, o que alimentava cada vez mais os integrantes da banda para darem tudo de si.

Foto: Edi Fortini

Foram tocadas músicas principalmente do último álbum, mas os maiores sucessos não foram deixados de lado, embalando fãs de todas as fases da banda. Os jovens músicos, que completam esse ano 10 anos de banda, prezam muito pelos fãs brasileiros e fazem questão de sempre voltar com a mesma empolgação da primeira vez em que vieram.

Eles abriram o show com “Black Buterflies and Déjà Vu”, do álbum “Lovely Little Lonely”, e o vocalista conversou com o público em vários momentos. Até pedindo para que todos deixassem as decepções do cotidiano do lado de fora e extravasassem tudo o que tinham para extravasar ali dentro.

Além de conversar, John O´Callaghan pulou a grade e foi até o público, cantando “English Girls” no meio de todos, com uma bandeira do Brasil no pescoço. Além de também não ter parado de pular e dançar em nenhum instante, durante a famosa “Girls Do What They Want” do álbum “Can’t Stop Won’t Stop”, ele subiu em uma caixa de som e se pendurou numa barra de ferro no teto, e depois chamou um fã para cantar com ele no palco.

Foto: Edi Fortini

Introduzindo a música “How Do You Feel?”, o cantor faz uma declaração ao público falando que a banda ama tanto eles que vão tocar essa música pela primeira vez ali.

Com um show regado de coros, pulos e gritos, o The Maine inaugurou com maestria a turnê, que ainda vai passar por  Curitiba (Hermes Bar – 19/07), Brasília (Arena Futebol Clube – 21/07), Belo Horizonte (Teatro Bradesco – 22/07), Rio de Janeiro (Circo Voador – 23/07).

Set list:
1. Lovely
2. Black Butterflies & Déjà Vu
3. Am I Pretty?
4. Like We Did (Windows Down)
5. (Un)Lost
6. My Heroine
7. We All Roll Along
8. The Way We Talk
9. English Girls
10. How Do You Feel?
11. Take What You Can Carry
12. Lost in Nostalgia
13. Right Girl
14. Raining in Paris
15. Girls Do What They Want
16. Diet Soda Society
17. Do You Remember? (The Other Half of 23)
18. Bad Behavior
19. Another Night on Mars


VEJA A GALERIA DE FOTOS DO SHOW:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário