The Killers é confirmado no Palco Mundo do Rock in Rio-Lisboa

The Killers. Foto: Divulgação.

A banda de Las Vegas será o headliner no dia 29 de junho, encerrando o penúltimo dia do festival com um espetáculo inesquecível que compila os seus mais famosos hits com os temas do seu recente álbum, Wonderful Wonderful

A organização do Rock in Rio-Lisboa acaba de anunciar o segundo headliner para a próxima edição do festival, que acontece nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho de 2018 na Cidade do Rock: The Killers sobe ao Palco Mundo para encerrar o terceiro dia do evento, 29 de junho, e promete um espetáculo arrepiante que celebra o seu mais recente trabalho – Wonderful Wonderful, lançado em setembro de 2017, que em apenas uma semana chegou a #1 do Billboard Top 200 – assim como grandes hits que marcaram estes 14 anos de carreira (como “Mr. Brightside”, “Somebody Told Me”, “When You Were Young” ou “Human”).

Cinco anos depois, The Killers volta a Portugal para um concerto que terá lugar na Cidade do Rock, em Lisboa, sendo esta a primeira vez que o quarteto de Las Vegas se apresenta no Rock in Rio.

O primeiro headliner anunciado foi o cantor e compositor havaiano Bruno Mars, que lotou a Praça da Apoteose no último final de semana no Rio de Janeiro e toca essa semana em São Paulo. Ele se apresenta no dia 24 de junho no Rock in Rio Lisboa.

Aproveite o Rock in Rio Lisboa e tenha experiências inesquecíveis em Portugal

Para aqueles que quiserem garantir, desde já, o seu lugar na edição portuguesa do festival, podem adquirir um dos cinco pacotes de viagens (Cultural, Taste, Wine, Surf, Academy). Em parceria com a Trip4U, o público poderá aproveitar dois dias no Rock in Rio-Lisboa, além de ter uma experiência inesquecível no país. Os pacotes também incluem seis noites de hospedagem com café da manhã, translados e um presente exclusivo Rock in Rio.

O Cultural Experience explora a história portuguesa com visitas a igrejas, castelos, museus, antiga vielas, vistas panorâmicas, envolvendo o público em uma atmosfera medieval e histórica. O Taste Experience inclui um passeio pelas belas lojas de comida e vinho com mais de 100 anos de tradição, além de uma degustação gastronômica dos tradicionais pasteis de nata e produtos locais acompanhados com o famoso vinho do Porto. O Wine Experiencie leva o público a uma degustação em vinícolas da região de Azeitão, ao sul de Lisboa, com vista para a cadeida de montanha do Parque Natural de Arrábia. Para quem quiser explorar o lado esportivo, em o Surf Experience inclui um dia de surf com instrutor em um dos mais belos lugares do litoral português, a Costa de Caparica. E o Academy Experience oferece um curso voltado para os executivos de todas as áreas mostrando o Rock in Rio de portas abertas para o negócio por trás dos palcos. O curso traz palestras com quem faz o Rock in Rio.

Para mais informações sobre os pacotes: http://trip4u.com.br/rock-in-rio-lisboa/

Outras opções de pacotes também disponíveis pelo Festicket neste link.

A 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa tem data marcada para 23, 24, 29 e 30 de junho 2018 e promete transformar o Parque Bela Vista num gigante parque temático da música, com inúmeras experiências e uma programação surpreendente, que combina o melhor do entretenimento.

Sobre os The Killers:

Nascidos em Las Vegas, no ano de 2003, The Killers são uma banda americana composta por quatro elementos – o vocalista e teclista Brandon Flowers, o baterista Ronnie Vanucci, o guitarrista Dave Keuning e o baixista Mark Stoermer. Ao longo dos anos já receberam inúmeras distinções, incluindo múltiplas nomeações aos GRAMMY, American Music Awards, MTV Video Music Awards, NME Awards e muitos outros prémios de relevo.

O primeiro álbum, Hot Fuss, foi lançado em 2004 e logo muito aclamado pela crítica. Este primeiro trabalho imortalizou temas como “Mr. Brightside” e “Somebody Told Me,” além do grande hit “All These Things That I’ve Done” que lhes valeu grandes comparações com bandas como U2 e Coldplay. Durante os dois anos que se seguiram a banda partiu em turné, tendo apresentado mais de 400 espetáculos. No regresso a Las Vegas voltam a estúdio e preparam o seu segundo álbum, com os lendários produtores Alan Moulder e Flood. O resultado, lançado em 2006, foi uma carta de amor dedicada à sua cidade natal e intitulada Sam’s Town, que passou 42 semanas no Billboard Top 200.

Em 2007, The Killers lançam uma compilação, Sawdust, seguindo-se o seu 3.º álbum, Day & Age, que recebeu excelentes críticas internacionais, especialmente ancoradas no primeiro single, “Human”. Em setembro de 2012 lançaram Battle Born, um álbum que lhes abriu portas para uma tour mundial em países nunca antes visitados, e subiram ainda ao palco da mundialmente conhecida Wembley Arena, apresentando um dos espetáculos mais marcantes da carreira da banda.

Depois de uma década a produzir, em novembro de 2013 The Killers lançaram um best of com os seus maiores êxitos, intitulado Direct Hits, que também incluía duas novas faixas.

A banda vendeu mais de 25 milhões de álbuns em todo o mundo e já passou pelos palcos dos maiores festivais do mundo, preparando-se agora para visitar a Cidade do Rock. Mais recentemente, em setembro de 2017, apresentaram o seu quinto trabalho, Wonderful Wonderful, que na semana de lançamento alcançou o #1 no Billboard Top 200, tendo também integrado os tops de vários países como Reino Unido, México e Austrália. Este foi o quinto álbum consecutivo da banda a chegar a nº 1 no Reino Unido e o sétimo álbum do vocalista Brandon Flowers no TOP.

Sobre o Rock in Rio-Lisboa 2018:

O Rock in Rio-Lisboa 2018 chega com muitas novidades! Na próxima edição, o festival conta mais horas de entretenimento diário (o local abrirá portas às 12h00 e encerrará às 02h00) e uma nova Cidade do Rock, com novos espaços de entretenimento.

Pop District é um espaço que celebra a cultura pop e os seus principais ícones, onde o público poderá encontrar atrações como games – dos mais modernos aos bem conhecidos arcade -, lojas com variados produtos alusivos aos maiores ícones culturais das últimas décadas, performances e demonstrações artísticas – como representações de musicais e super-heróis, exposições de pop art, referências do cinema -, até um espaço para cosplay e muito mais. Já o Digital Stage é um novo palco dedicado aos fenômenos digitais, trazendo um pouco do mundo online para o offline. Ao longo dos quatro dias do evento, este palco vai receber grandes nomes do entretenimento online que trocarão, por um momento, a câmera dos computadores, tablets e celulares por um contato direto e próximo com seu público. Neste palco também caberão apresentações de música, dança, cinema e outras performances ligadas a sucessos online. Na Rock Street África vai ser possível viver a experiência de um clima único de festa, num espaço que celebra a música de uma forma global e onde, através da arquitetura, dos espetáculos e performances de rua, o público poderá perceber como a música africana influenciou todos os estilos musicais presentes nos outros palcos do festival. Por fim, o Gourmet Square é uma nova praça de alimentação que permitirá maior conforto aos seus visitantes, disponibilizando cerca de 500 lugares sentados e cerca de 10 food corners, num ambiente exclusivo e de acesso controlado.

Sobre o Rock in Rio:

O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985 e com 32 anos de vida, é parte relevante da história da música mundial. O evento já soma 18 edições, mais de 100 dias de festa e quase 2 mil atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 9,2 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock.

Nascido no Rio de Janeiro, o Rock in Rio conquistou não só o Brasil como, também, Portugal, Espanha e Estados Unidos, sempre com a ambição de levar todos os estilos de música aos mais variados públicos.

Muito mais que um evento de música, o Rock in Rio pauta-se também por ser um evento responsável e sustentável.  Em 2001, através do projeto social “Por um mundo melhor”, assumiu o compromisso de conscientizar as pessoas para o fato de que pequenas atitudes no dia-a-dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, o Rock in Rio recebeu a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis, um reconhecimento do poder realizador da marca que desenvolve diversas ações com vista à construção de um mundo melhor, como a criação de mais de 200 mil no total das 18 edições, e mais de R$ 100 milhões investidos em causas socioambientais e a construção de um legado positivo para as cidades onde o evento é realizado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário