Symphony X: Ícone do Metal Progressivo retorna a São Paulo após três anos.

Por: Givaldo Menezes
Foto: Leandro Almeida/Universodorock
Foto: Leandro Almeida/Universodorock

O ano vai chegando a sua metade e você pensa: “Ah, os shows vão maneirar!” Errado, há muitos shows no mês de maio já com datas marcadas. Os americanos do Symphony X iniciam a turnê sul-americana no Brasil, com o lançamento do último álbum de estúdio da banda, “UnderWorld”, de 2015, e para essa tour de divulgação prometem aos fãs executar o álbum na íntegra.

Depois de longos três anos, a banda volta aos palcos brasileiros, iniciando suas apresentações em Curitiba, São Paulo e encerrando no Rio de Janeiro. O local escolhido para a realização do evento na capital paulista foi o Tom Brasil, antigo HSBC, casa muito versátil e que atende todas as exigências de um show em grande estilo.

Às 20h, a casa abriu suas portas ao público. Como a fila ainda era pequena, muitos deixaram para entrar mais próximo do horário do show. Neste meio tempo, a Armored Dawn, banda de São Paulo convidada para a abertura de todos os shows da turnê do Symphony X pelo Brasil, inicia sua apresentação.

Após belíssima apresentação, o vocalista da banda, Eduardo Parras, apresenta os músicos aos fãs presentes. Ele também explica que a Armored Dawn é o novo nome da antiga Mad Old lady. A banda é muito conhecida pelo público brasileiro por sua participação em festivais e shows muito importantes em nosso país.

Foto: Leandro Almeida/Universodorock
Foto: Leandro Almeida/Universodorock

Com o fim da apresentação da Armored Dawn, o palco foi rapidamente montado para o Symphony X. Às 22h04, os músicos surgem no palco para a tão esperada apresentação da noite. Como esperado, o setlist do show trouxe, em sua maioria, músicas do álbum “UnderWorld”. Bastante ovacionados, Russell e companhia iniciam a apresentação com a intro  “Overture”, seguida de “Nevermore” e a faixa titulo “UnderWorld”. Após esta trinca arrasadora, Russell troca as primeiras palavras com o público presente.

Na execução de “Without You”, faixa mais lenta, os fãs acompanham a banda com uma salva de palmas. Após essa baladinha, foi executada  “Charon” e, em seguida, “To Hell and Black”, música na qual Russell usou duas máscaras durante sua performance. Antes da execução da belíssima “Swan Song”, Russell e Michael Romeo foram muito aplaudidos pelos fãs. No final dessa música, Russell apresenta formalmente a banda e, para dar um “up” e revigorar um pouco as energias, o exímio guitarrista Michael Romeo fez uma apresentação solo, mostrando todo seu talento e virtuosismo na guitarra.

Já próximo do encerramento da primeira parte do show, vieram as primeiras músicas que não fazem parte de “Under World”. A primeira foi “The Death of Balance/Lacrymosa”, do álbum “The New Mythology Suite”, na qual apenas os músicos participaram, seguida da animada “Out of The Ashes”, que contou com a participação do vocalista Thiago Bianchi do Noturnall, o que proporcionou um dos momentos mais marcantes do show, devido à interação de toda a galera.
Para encerrar esta primeira parte, “Sea of Lies”, outro hit da banda do álbum “The Divine Wings of Tragedy”.

A banda volta do encore muito empolgada e prosseguem com o show com “Set the World on Fire (The lie of lies)”, faixa de “Paradise Lost”, penúltimo álbum da banda. Para encerrar em belo estilo, às 23h43, Russell dedicou “Legend” a Ronnie James Dio e, a pedido dos fãs, também para Lemmy, vocalista do Motorhead, que faleceu em janeiro. Após essa bela apresentação e com sensação de dever cumprido, o Symphony X posa para a tradicional foto com os fãs ao fundo, e deixam o palco depois de agradecerem o público presente.

Setlist:
1.    Overture
2.    Nevermore
3.    Underworld
4.    Kiss of Fire
5.    Without You
6.    Charon
7.    To Hell and Back
8.    In My Darkest Hour
9.    Run With the Devil
10.    Swan Song
11.    The Death of Balance / Lacrymosa
12.    Out of the Ashes
13.    Sea of Lies
Encore:
14.    Set the World on Fire (The Lie of Lies)
15.    Legend

VEJA GALERIA DE FOTOS DO SHOW

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário