Stratovarius e Helloween realizam grande show na capital paulista

Por: Adriana Camargo

Foto: Rafael Koch Rossi
Foto: Rafael Koch Rossi

Os fãs lotaram o Credicard Hall em São Paulo no último dia 6 de maio para conferir de perto o show de duas das maiores bandas de heavy metal melódico do planeta, o Stratovarius e o Helloween. Apesar dos dois grupos já terem vindo ao Brasil diversas vezes, essa apresentação foi memorável! Uma das melhores deles por aqui.

Às 22 horas em ponto os finlandeses do Stratovarius iniciaram o show. No fundo do palco tinha uma enorme bandeira da capa do último CD do grupo. Eles tocaram durante uma hora com um set list bem enxuto, mas bem selecionado. Ficou nítido que o som da primeira banda da noite estava mais baixo do que a dos “headliners” da noite, o Helloween. O Stratovarius começou o show com Infernal Maze, do seu mais recente álbum Elysium, seguida por Eagle Heart.

VEJA GALERIA DE FOTOS DO SHOW

Nessa hora os fãs agitaram muito e interagiram muito com a banda e o vocalista Timo Kotipelto, que falou em português: “Boa noite! Tudo bem? É muito bom estar de volta a São Paulo”. Depois eles tocaram a música Phoenix do álbum Infinite, que antecedeu a clássica The Kiss of Judas, que foi cantada em uníssono pelo público presente na casa de espetáculo. E no final, ainda fizeram coro gritando o nome da banda.

A interação entre o Stratovarius e o público seguiu até o término do set deles, nas músicas Winter Skies, Flaming Lips e em Paradise os fãs presentes no Credicard Hall pareciam estar em êxtase! Os gritos da galera chegavam a encobrir a voz de Kotipelto. A agitação continuou em Darkest Hour com o baixista Lauri Porra tocando algumas notas e dizendo no microfone “É porra, é porra”, fazendo um trocadilho com o próprio nome dele. Nessa hora Timo também perguntou aos fãs: “Vocês estão prontos para as canções rápidas?”, E eles tocaram a “rápida” Speed of Light.
Kotipelto prometeu mais duas músicas antes de encerrar, que foram Hunting High and Low e o hit Black Diamond que fechou essa grande apresentação com o público todo cantando junto com eles. Nessa hora Kotipelto ainda tirou algumas fotos da banda e do público com um celular. E eles saíram ovacionados!

Foto: Rafael Koch Rossi
Foto: Rafael Koch Rossi

HELLOWEEN
O palco ficou vazio, pois os roadies retiraram tudo que era do Stratovarius, afinal estava chegando o momento do show dos alemães do Helloween. Eles deixaram claro que eram os “donos da noite” com um palco com escadas para facilitar o trânsito dos músicos, iluminação diferenciada com LED e afins, e, claro, o som estava BEM mais alto!

Ao som de “For Those About to Rock” do AC/DC, às 23h40 as luzes se apagaram e uma euforia tomou conta do local. Are You Metal foi a primeira música do setlist do Helloween. Em seguida eles tocaram a clássica Eagle Fy Free, com Andi Deris sendo acompanhado por milhares de fãs fazendo coro com ele, que arriscou algumas palavras em Português “Boa noite, São Paulo! Estar aqui é como um sentimento de voltar para casa”, falou antes da próxima música Steel Tormentor, do álbum Time of the Oath. Depois teve um solo de guitarra de Sascha Gerstner antes de Where the Sinners Go, que foi seguida por World of Fantasy. Logo depois os músicos saíram do palco para o solo de bateria de Dani Löble, que mostrou todo o virtuosismo dele nessa hora.

Assim que a banda voltou ao palco, eles detonaram outro hit I´m Alive, música de abertura do Keeper of the Seven Keys Part 1 e a gritaria foi geral. Depois eles tocaram uma música composta por Sascha Gerstner chamada You Stupid Mankind.

Em seguida Andi Deris e Sascha tocaram com violões a balada Forever and One (Neverland), e o público cantou em uníssono com eles do início ao fim. A música seguinte foi A Handful of Pain, e logo depois Deris disse “vamos tocar agora três músicas juntas. No total, elas somam 45 minutos, então pensamos que seria melhor condensarmos elas todas em uma”, falou antes de The King for a 1000 Years, Keeper of the Seven Keys e, a mais clássica de todas delas – Halloween.

Para finalizar o “tempo normal” do show os alemães tocaram um grande hit deles I Want Out. Eles voltaram ao palco tocando a clássica Ride The Sky do EP Walls of Jericho, e Future World, que é claro foi cantada em uníssono pelos fãs. Para encerrar essa grande noite do metal, o Helloween tocou Dr. Stein, que contou com a presença no palco de muitos fãs vestidos de médicos, inclusive um deles era o baixista do Stratovarius (Lauri Porra) que se misturou aos anônimos que cantavam com a banda nessa hora. E com a “festa no palco” o Helloween encerrou essa grande noite do metal! Que eles venham novamente a São Paulo, estaremos os esperando.

Set list – Stratovarius:
Infernal Maze
Eagle Heart
Phoenix
The Kiss of Judas
Winter Skies
Under Flaming Skies
Paradise
Darkest Hours
Speed of Light
Hunting High and Low
Black Diamond

Set list – Helloween:
Are you Metal?
Eagle Fly Free
Steel Tormentor
Solo de guitarra – intro
Where the Sinners Go
World of Fantasy
Solo de Bateria
I´m Alive
You Stupid Mankind
Forever and One (acústica)
Handful of Pain
Medley: The King for a 1000 Years/Keeper of the Seven Keys/Halloween.
I Want Out
Bis:
Ride the Sky
Future World
Bis 2:
Dr. Stein

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.