Simple Plan se apresenta no Rio de Janeiro com turnê do álbum Get Your Heart On!

Por: Michelle Gonçalves

Foto: Paulo Cassio
Foto: Paulo Cassio

A banda Simple Plan tocou no Rio de Janeiro na última quarta-feira, 17 de outubro. Os canadenses não lotaram o Citibank Hall, mas tocaram para muitos espectadores, ou melhor, telespectadores. A apresentação – parte da turnê do álbum Get Your Heart On! – foi exibida pelo canal Multishow, para sorte dos fãs que não puderam comparecer ao local. Entre uma série de elogios à beleza das brasileiras e declarações de amor ao Brasil, o quinteto tocou sucessos e prometeu voltar ao país.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO SHOW

O show começou às 21h30 com Shut Up e Can”t Keep My Hands Off You. O vocalista Pierre Bouvier pedia para a plateia fazer barulho, como se a gritaria das fãs não bastasse. “Obrigado. Boa noite, Rio de Janeiro. Tudo bem? Nós somos o Simple Plan”, disse em bom português. “Rio, baby”, repetia animado. O vocalista pediu para todos pularem com Jump, que contou com um trecho de I Gotta Feeling, do Black Eyed Peas. O baixista David Desrosiers, que passava a maior parte do tempo jogando palhetas para o alto e pegando-as com a boca, não economizou elogios às fãs. “Elas são loucas. Não apenas loucas, são realmente sexy”, provocava. Já Pierre não economizava nos beijinhos para a plateia.

When I”m Gone, Addicted, You Suck At Love e o hit Your Love Is A Lie deram continuidade ao show. “Esta noite vocês são estrelas e sinto que estou no céu cercado de milhões delas. Vocês são as minhas estrelas e estamos em algum lugar do espaço”. Foi com esse discurso que Pierre introduziu Astronaut. Os fãs se empolgaram e jogaram canudos coloridos no palco. “Obrigado por tacarem essas coisas. Sei que vocês tiveram uma boa intenção”, brincou o vocalista ao final da música. O guitarrista Sébastien Lefebvre fez graça dizendo que precisou usar técnicas do filme Matrix para desviar dos objetos. “Vocês são loucos. Amo vocês”, repetia Pierre.

David roubou a cena ao anunciar que estava à procura de uma namorada brasileira e que queria ver todas as meninas bonitas dançando. Era a vez do cover de Moves Like Jagger, do Maroon 5. Os integrantes presentearam as fãs com uma dancinha, rebolando virados de costas para a plateia. O clima de festa prosseguiu com Dynamite, de Taio Cruz, e Sexy And I Know It, do LMFAO. As garotas gritaram enlouquecidamente quando o vocalista levantou a blusa e dançou.

Foto: Paulo Cassio
Foto: Paulo Cassio

Após Jet Lag, Pierre voltou a elogiar o público. “Vocês são incríveis. Acho que são os melhores fãs do Simple Plan no mundo inteiro”. “Não conte isso aos fãs do México, Alemanha, França…”, brincou David. Mas o baixista logo concordou. “É oficial. Em todos os lugares onde tocamos vemos uma bandeira do Brasil”, contou. O vocalista perguntou quem queria ir à praia com ele para então anunciar Summer Paradise, quando bolas de plástico surgiram na plateia.

Pierre perguntou quem se lembrava do primeiro álbum da banda, de 2002. “Já faz dez anos. Algum fã hard core por aqui? Essa é pra vocês que nos acompanham desde o primeiro CD” dedicou. The Worst Day Ever abriu um medley de “No Pads, No Helmets… Just Bells”, que seguiu com When I”m With You, My Alien, You Don”t Mean Anything e God Must Hate Me.This Song Saved My Life também entrou no setlist.

O vocalista disse que havia lindas vozes na plateia, sendo imediatamente interrompido por David, que perguntou se as fãs gostavam de cantar no chuveiro e se alguém queria tomar banho com ele depois do show. “Quantas meninas cabem naquela jacuzzi? Seis ou sete meninas bonitas?”, perguntou causando histeria.

Após Welcome To My Life e I’d Do Anything For You, a banda saiu do palco para uma rápida pausa. O baterista Chuck Comeau logo ressurgiu com a bandeira do Brasil enquanto David voltou ao palco tocando o famoso riff de Seven Nation Army, clássico do White Stripes. Os canadenses iniciaram o bis com Loser of the Year e I’m Just a Kid.

Foto: Paulo Cassio
Foto: Paulo Cassio

Para “causar” mais um pouquinho, o baixista colocou a mão dentro da calça, lambeu a mão e disse a Pierre: “Buddy, high five”. Após a óbvia recusa do vocalista, que arrancou risos da plateia, David desceu do palco para apertar as mãos das fãs mais loucas. As surpresas não terminaram por aí. Ao fim do show, o Simple Plan chamou Thiago, um fã de longa data que tem o nome da banda tatuado nos lábios, para subir ao palco. Pierre achou que o fã pediria a namorada em casamento, mas o brasileiro apenas fez uma declaração para a amada.

Para fechar a noite, Pierre cantou e tocou Everytime, Untitled e Perfect sozinho com o seu violão. Em Untitled, o guitarrista Jeff Stinco entrou no palco e começou a solar, sendo aplaudido pelo público. O vocalista interrompeu o momento. “Hey, estou tentando tocar a minha música aqui”, gritou brincando. Jeff se retirou para somente retornar com toda a banda no final de Perfect, encerrando o show que teve cerca de duas horas de duração e muitas histórias para ficarem por muito tempo na memória dos fãs.

SETLIST

1. Shut Up
2. Can”t Keep My Hands Off You
3. Jump + I Gotta Feeling
4. When I”m Gone
5. Addicted
6. You Suck at Love
7. Thank You
8. Your Love Is a Lie
9. Astronaut
10. Moves Like Jagger / Dynamite / Sexy And I Know It
11. Jet Lag
12. Summer Paradise
13. The Worst Day Ever / When I”m With You / My Alien / You Don”t Mean Anything / God Must Hate Me
14. This Song Saved My Life
15. Welcome to My Life
16. I”d Do Anything

Bis
17. Loser of the Year
18. I”m Just a Kid
19. Everytime
20. Untitled
21. Perfect

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário