Scott Stapp encantou com sua apresentação repleta de hits do Creed em São Paulo

Por: Marcia Ito
Foto: Andréia Takaishi/Universodorock

Scott Stapp, o vocalista da banda americana Creed, trouxe de volta a sua banda solo após quatro anos longe das terras tupiniquins. Desta vez, houve uma única apresentação em São Paulo, na última quarta-feira, dia 14 de dezembro de 2016, na Tropical Butantã, que foi reformada no final do ano passado para receber artistas nacionais e internacionais.

O espetáculo era parte da segunda etapa da turnê de divulgação de seu último álbum solo, Proof of Life, que inclusive estava sendo vendido na casa já com o autógrafo do artista. No entanto, nenhuma música do trabalho autoral foi executada, somente os grandes clássicos do Creed foram tocados de forma fantástica, mostrando que apesar de todos os problemas enfrentados pelo vocalista na vida pessoal, sua voz continua inigualável. O cenário estava simples, com apenas alguns panos de fundo com o logo “Stapp”, porém a iluminação fez toda a diferença.

Logo às 21h30, as luzes anunciavam o início do show e a banda entrou tocando Bullets, para a alegria dos fãs que aguardavam ansiosos. Quase em seu final, o guitarrista Blen Flanders se desequilibrou e ao ver que cairia, se jogou no chão.

Scott Stapp (SS) perguntou indicando a próxima canção: “Are you ready, São Paulo?” – Yeah, respondeu a plateia. Logo em seguida, SS parecia se concentrar para o início da terceira música e o público cantou à capela o começo de My Own Prision, que foi muito bem executada, porém a voz do backing vocal e baixista Sammy Hudson estava com volume mais alto do que a própria voz do vocalista.

Foto: Andréia Takaishi/Universodorock

Nos primeiros acordes de What If, gritos eufóricos explodiram por toda a casa. Já Torn, fez os fãs participantes do “Meet &Greet” vibrarem no pit stop da frente do palco.  Depois foi a vez de Say I, Faceless Man e a única canção do álbum do Creed, Full Circle, de 2009: Overcome em que toda a pista vip pulou em seu refrão.

Com um braço levantado e um dedo apontando para cima, Scott diz: “The only way is One!” e ainda solicitou que todos levantassem as mãos no meio da execução de One! Depois encerrou a primeira parte da apresentação com três canções do disco do Creed, Human Clay: Inside Us All, With Arms Wide Open (que teve gritos estridentes principalmente das mulheres presentes) e Higher, com uma demonstração de carinho e agradecimento enorme do ídolo da noite, que apontou para a plateia fazendo um coração com os dedos, depois colocou as mãos em prece agradecendo e ainda mostrou o braço, dizendo estar arrepiado. Em português, disse “Obrigado” e saíram todos de cena.

No intervalo, apelos ecoavam pela Don’t Stop Dancing, que foram prontamente atendidos pela banda, mesmo estando fora do set list original.  Entraram no palco segurando uma bandeira do Brasil e ficou bem interessante ver toda a casa fazendo o backing vocal, que na música original é cantada pela irmã de Scott, Aimee Stapp.

Foto: Andréia Takaishi/Universodorock

O público começou a cantar: “Ole, ole, ole, Stapp, Stapp”, acompanhado pela bateria de Dango Empire e embalado pela voz do frontman. O show seguiu com What’s This Life For? e One Last Breath em que Scott disse: “Quero ouvir vocês cantando” e todos obedeceram, recebendo elogio do artista: “Beautiful” – disse. Claro que não poderia faltar a clássica, My Sacrifice, que encerrou a noite de maneira espetacular, com todos os presentes cantando alto e emocionados.

Após um pouco mais de uma hora e meia de espetáculo, os fãs foram embora felizes e satisfeitos de terem visto e ouvido todos os grandes hits do Creed, deixando ainda uma esperança de um dia, ver a banda que tanto amam, de volta à ativa.

Set List
1. Bullets
2. Are You Ready?
3. My Own Prision
4. What if
5. Torn
6. Say I
7. Faceless Man
8. Overcome
9. One
10. Inside Us All
11. With Arms Wide Open
12. Higher
13. Don’t Stop Dancing
14. What’s This Life For?
15. One Last Breath
16. My Sacrifice


VEJA GALERIA DE FOTOS DO SHOW:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.