Raimundos abre o segundo dia do Lollapalooza comemorando 20 anos de lançamento do CD de estreia

Por: Gisele Santos

Foto/crédito: I Hate Flash/Padilha
Foto/crédito: I Hate Flash/Padilha

Mesmo não indo muito bem das pernas com novas canções e mudanças na formação, desde a saída de Rodolfo em 2001, é inegável que Raimundos ainda consegue movimentar o saudosismo da cena roqueira nacional. Pena que os festivais realizados no Brasil continuam deixando as bandas tupiniquins apenas abrindo os shows, em péssimos horários, como se não fossem muito importantes.

Só que Raimundos fez as honras da casa de maneira competente, seguindo um set alternado com antigos hits e novas músicas. “Gato da Rosinha” e “Baculejo”, do oitavo CD de estúdio Cantigas de Roda (2014), produzido por Billy Graziadei (Biohazard), iniciaram a apresentação.

“Mulher de Fases”, “Esporrei na Manivela”, “O Pão da Minha Prima”, “Palhas do Coqueiro” e “Liberdade de Expressão” foram cantadas em coro pelo público que estava começando a chegar próximo ao Palco Skol, no Autódromo de Interlagos (SP), dia 6 de abril (domingo).

“Puteiro em João Pessoa”, música de maior sucesso que faz parte do debut CD homônimo de 1994, não poderia faltar. Foi uma grande festa entre plateia e banda, comemorando 20 anos do álbum que consagrou os brasilienses em nível de mainstream no país inteiro.

O show foi encerrado com “Eu Quero Ver o Oco”, fazendo a galera pular bastante. Lição de casa cumprida!

SETLIST:

Gato da Rosinha
Baculejo
Mulher de Fases
O Pão da Minha Prima
Palhas do Coqueiro
BOP
Liberdade de Expressão
Puteiro em João Pessoa
I Saw You Saying
Me Lambe
Esporrei na Manivela
Eu Quero Ver o Oco

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário