Oxigênio Festival aposta em diversidade de estilos

Por Flavia Carvalho

Anunciado o line-up da 6ª edição do evento

Foto: Mara Alonso

O rock morreu? As bandas nacionais são unidas? Existe espaço para bandas independentes? Essas e outras perguntas rondam o cenário musical nacional e, embora as respostas sejam diversas, uma coisa é fato: se existem muitas bandas nacionais boas por aí, por que não as juntar em um festival? É isso que o Oxigênio Festival, idealizado pelas produtoras Gig Music e Hangar 110, tem feito desde sua primeira edição e, agora, chegou a hora da 6ª edição, que acaba de ter seu line-up divulgado.

Esta edição do festival já está sendo considerada a mais diversificada, isso porque conta com artistas de vários estilos, tais como punk, hardcore, folk, música latina, reggae, pop rock/punk, rock alternativo, metal, dentre outros – ufa!

Durante a coletiva de imprensa, que contou com representantes de algumas bandas como CPM 22, Strike, Far From Alaska, Supercombo e The Mönic, os idealizadores do festival comentaram sobre essa diversidade e disseram que é importante apresentar novos estilos para públicos diferentes, mas que, a priori, o principal objetivo é ter bandas e artistas de qualidade. Outro ponto questionado foi em relação à escolha de bandas por palco, e a organização revelou que essa escolha é feita pensando em não confrontar estilos, já que os shows acontecem de forma intercalada.

Em relação ao questionamento constante “o rock morreu?”, um dos músicos participantes deu o recado:

“Eu acho que momento tá propício. Eu sou otimista no rock brasileiro. Essa pergunta tá aparecendo bastante porque eu acho que tá todo mundo querendo gostar de novo de uma banda de rock no Brasil, e tá precisando chegar no mainstream de novo porque a galera tá com saudade disso, e eu estou nessa vibe” – disse Rafael Brasil, guitarrista do Far From Alaska.

Atrações e novidades

Com dois palcos e diversas ações, a estrutura do festival permanece a mesma da última edição. Contudo, dessa vez haverá uma novidade: o Karaokê Band, no qual qualquer pessoa poderá cantar músicas no palco, bastando fazer um cadastro prévio na internet.

A 6ª edição do festival acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de setembro, no Via Matarazzo, em São Paulo e contará com 37 bandas, sendo que quase todas já foram confirmadas, mas ainda haverá mais um anúncio surpresa, fora as bandas de abertura que ainda serão definidas.

Confira as atrações já confirmadas no line-up da 6ª edição:

CPM 22, Francisco El Hombre, Far From Alaska, Big Up, Supercombo, Strike, Pense, Terra Celta, Dibob, Sugar Kane, Glória, O Bardo e o Banjo, Rivets, Granada, Rumbora, Autoramas, Teco Martins ॐ Sala Espacial, Esteban, Zumbis do Espaço, Nervosa, Bayside Kings, O Inimigo, Codinome Winchester, Darvin, Cefa, Molho Negro, Charlotte Matou um Cara, Cólera, Violet Soda, Armada, The Mönic e Wiseman.

Agora nos resta aguardar o anúncio da última banda surpresa e também o início do concurso que definirá quais serão as três bandas de abertura (uma por dia). As informações sobre o concurso serão divulgadas em breve. O Oxigênio Festival conta com parcerias de peso que criam ações durante o festival. As parcerias dessa edição são: Vans, Budweiser, Goose Island, Monster Energy e Jack Daniels.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.