Oitão lança single ‘Instinto Sujo’, agressivo e com groove

Música marca a estreia da nova formação, com Henrique Fogaça ao lado de músicos do Claustrofobia e Ciero, do estúdio Da Tribo

Capa: Divulgação/ Tedesco Comunicação & Mídia | Arte: XTudo

O Oitão, do vocalista Henrique Fogaça, está de volta com “Instinto Sujo”, que traz a agressividade punk/metal das raízes da banda aliada ao groove e partes cadenciadas. O single já está disponível em lyric video no canal da gravadora Canil Records.

O lançamento de “Instinto Sujo” é a primeira amostra da potência e vitalidade da nova formação do Oitão. A banda, além de Fogaça nos vocais e Ciero, renomado músico e produtor do estúdio Da Tribo nas guitarras, agora conta com dois músicos da banda referência nacional em thrash metal, Claustrofobia, Marcus D’Angelo e Caio D’Angelo, que aqui tocam bateria e baixo, respectivamente; completam o line-up do Oitão.

A nova formação do Oitão, no entanto, é um reencontro de velhos amigos e união de esforços de músicos que fazem parte da história da banda, que nasceu exatamente num antigo estúdio do Claustrofobia em São Paulo, no bairro Casa Verde. “As coisas agora se juntam de uma forma bem sólida, verdadeira. É a raiz do Oitão”, destaca Fogaça, que divide o tempo com os trabalhos como chef.

Em um dos ensaios no início da carreira, Oitão já estava sem baterista, então convidaram Caio para tocar, mas ele sugeriu que colocassem o Marcus na bateria. A princípio, todos desacreditaram, afinal, Marcus é guitarrista e vocalista do Claustrofobia, mas foi aprovado imediatamente após o teste. Em seguida, fizeram inúmeros shows e gravaram o primeiro disco no qual Marcus participou diretamente das composições.

Confira o lyric video oficial do single “Instinto Sujo”:

Caio D’Angelo por sua vez, além de baterista, toca guitarra e tem como um dos principais instrumentos o contra-baixo, pelo fato de tocar há anos em outros projetos junto com Marcus, Ciero e Henrique, e já conhecer a raiz do Oitão, foi o nome certo para assumir as quatro cordas da banda, fechando assim o time perfeito.

A reformulação do Oitão, com Fogaça ao lado de músicos experientes, mundialmente reconhecidos dentro da música pesada, é primordial pelo resultado de “Instinto Sujo”. A faixa, a primeira de novas composições da banda (algumas prontas, outras em fase de produção), é um verdadeiro petardo, que remete aos momentos brilhantes e inspirados de Ratos de Porão e Napalm Death, sempre unindo o hardcore/crust/metal old school com produção e passagens modernas.

Ficha técnica
Compositores: Henrique Fogaça, Marcus D’angelo, Caio D’angelo, Ciero
Produção Musical: Ciero
Mix e Master: Hospede
Arte: X Tudo
Captação: Estúdio Da Tribo
Produção Executiva: Canil Records

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.