Lollapalooza fez sua quinta edição em Interlagos nos dias 12 e 13 de Março de 2016

Por: Renata Penteado
Foto: MRossi /T4F
Foto: MRossi /T4F

Este festival vem tomando proporções cada vez maiores, trazendo ao público cada vez mais atrações. Recebeu por  volta de 160 mil pessoas.

Com cinco palcos, roda gigante, carrocel, balanços, muita comida para agradar a todos os paladares também haviam stands com brincadeiras e algumas tendas.

Os intervalos entre os shows eram curtíssimos fazendo com que as pessoas corressem de um lado para o outro o tempo todo. Era praticamente impossível ver dois shows e a distância de um palco ao outro era enorme. O palco mais badalado foi o SKOL, onde as bandas principais se apresentaram. Os outros palcos: ONIX, AXE, KIDZAPALOOZA e TRIDENT AT PERRY´S também tinham seu público. Em alguns momentos lotado, outros nem tanto. Mas os artistas menos conhecidos também puderam divulgar seus trabalhos.

BAD RELIGION

Foto: MRossi / T4F
Bad Religion – Foto: MRossi / T4F

A banda de punk rock formada em 79 se apresentou no sábado dia 12 ás 16:10. Tiveram uma hora pra mostrar que tem muito ainda a oferecer.

Com 16 albúns ao longo da carreira daria pra fazer um show mais longo, mas infelizmente não foi possível. O vocalista Greg Griffin apresentou se um pouco diferente porque usava camisa polo e óculos, um típico tiozão.

O show foi extremamente energético eles conseguiram montar uma setlist bem sortida com seus clássicos e é claro que “Infected”, “American Jesus” e “ 21st Century Boy” estavam incluídas.

Tame Impala - Foto: MRossi/T4F
Tame Impala – Foto: MRossi/T4F

Na sequência veio TAME IMPALA , que entrou no palco as 18:35, com seu rock psicodélico australiano. O palco estava escuro o que impossibilitou de ver todos os detalhes.A banda alegrou muito o público com seus sintetizadores. O vocalista Kevin Parker era bastante carismático, fazendo com que todos entrassem em sua “vibe”.

Esta apresentação levou o público a uma outra época, onde os sintetizadores quase que hipnotizavam quem ouvia. Algumas músicas da setlist são: “Let it happen”, “Elephant”, “ After Ego” e “Eventually”.

No Domingo foi a fez de 21 PILOTS, Entraram no palco pontualmente as 15:40.

Foto: I Hate Flash
21 Pilots – Foto: I Hate Flash

Por ser uma banda nova e com apenas dois álbuns lançados, foi difícil acreditar que tinha um público fiel que cantou, dançou e pirou com as macaquices da dupla.

Seu Hit “Heavy dirty soul” enlouqueceu a galera que batia palmas durante toda a apresentação. Os dois integrantes Josh  Dunn e Tyler Joseph (o frontman ) se pendurava no palco, usando máscaras e figurinos. A setlist tinha um pouquinho de cada álbum, o que agradou bem os fãs ali presentes.

NOEL GALLAGHER

Foto: MRossi / T4F
Noel Gallagher – Foto: MRossi / T4F

O Ex Oasis subiu ao palco as 17:50 e fez uma apresentação notável  mesmo com seu “jeitão” sério o show foi bem executado e não deixou nada a desejar.

A multidão foi se aproximando cada vez mais do palco para não perder nem um minuto da apresentação deste britânico polêmico. Apesar de tudo ele construiu um nome no livro do rock na década de 90 e isso ninguém pode negar.

Sua banda de apoio toca de uma maneira bem organizada, mas o show não é daqueles que você explode de tanto amor. Além de tocar as canções novas com sua banda nova ele não deixou de presentear os fãs com os clássicos do Oasis como: “ Wonderwall”, “ Don´t look back in anger “ e “ Supernova”.

Foto: MRossi / T4F
Florence + The Machine – Foto: MRossi / T4F

FLORENCE + THE MACHINE fechou o festival ás 20:30 com seus sucessos “ Dog days are over” e “ Rabbit hole”. Recebeu o palco com menos público mas a vocal fez de tudo pra animar a festa. Foi considerado o cenário mais bonito do festival  e souberam fazer bom uso da iluminação o que é ótimo pra quem está assistindo.

Florence usava um vestido cheio de babados e conforme ela dominava o palco com sua leveza quase que de uma fada, mas sua apresentação foi prejudicada por causa da chuva e talvez porque seu estilo não seja o que mais agrada.

VEJA GALERIA DE FOTOS DO FESTIVAL

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário