Lacuna Coil – Broken Crown Halo

Por: Gisele Santos

lacunanovoO sétimo CD do Lacuna Coil, Broken Crown Halo, saiu do forno via Century Media Records – em abril de 2014 – produzido por Jay Baumgardner (POD, Sevendust, Evanescence, Papa Roach).

“Nothing Stands in Our Way”, canção que abre o disco, é reconhecida logo na introdução dos teclados – pois foi o primeiro single divulgado e já ganhou videoclipe. Os italianos mais uma vez resolveram injetar generosas doses de nu metal nas músicas, algo que não tem agradado os fãs das antigas desde 2006 – quando clipes de Karmacode foram exibidos incansavelmente na MTV, os tornando bastante comerciais. Parece que de lá pra cá a banda resolveu fisgar outro público, maior consumidor de metal alternativo (principalmente os americanos). Os riffs distorcidos de guitarra em “Zombies” são prova disso. “Die & Rise”lembra muito o jeitão do Korn, causando a impressão de que Davis e companhia limitada entrarão de surpresa em ação a qualquer momento. Enfim, Lacuna Coil não faz mais gothic metal há muito tempo.

Apesar do guitarrista Chris Migliore e o baterista Cristiano Mozzati terem deixado o grupo em fevereiro de 2014, Broken Crown Halo ainda conta com as participações de ambos. Mas os músicos não mostram diferencial algum em suas funções.

Nesse trabalho, as composições continuam previsíveis girando em torno do dueto entre as vocalistas Cristina Scabbia e Andrea Ferro. Mas é perceptível que o foco principal é Cristina – que continua com voz impecável e cativante.

“Broken Crown Halo” é um álbum cinematográfico que poderia ser a trilha sonora de nossos dias – é uma visão sombria de um futuro próximo, quando a sobrevivência é uma segunda natureza e o fracasso não é algo a ser evitado, mas sim cultivada com as lições aprendidas ao longo do tempo”, explica a banda.

E assim o pessoal do Lacuna Coil tenta se explicar para tentar não fracassar com esse disco, que é boa parte do tempo chato. Com vinte anos de carreira, deixar de lado a identidade musical pode ser um tiro no pé – já que os fãs das antigas tinham esperança de eles voltarem as suas raízes nesse novo CD. Mas isso pode ser aceito por quem tem mente mais aberta e está fora do fanatismo ou radicalismo ou até mesmo conhecendo a banda agora.

Faixas:

01. Nothing Stands In Our Way
02. Zombies
03. Hostage To The Light
04. Victims
05. Die & Rise
06. I Forgive (But I Won”t Forget Your Name)
07. Cybersleep
08. Infection
09. I Burn In You
10. In The End I Feel Alive
11. One Cold Day

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário