Godsmack – 1000hp

Por: Gisele Santos

godsmack-1000Vindo da safra nu metal de meados dos anos noventa, o Godsmack nunca arriscou mudanças musicais. É de certa forma respeito pelos fãs, que gostam da identidade musical dos caras. E com o sexto álbum de inéditas, 1000hp, após um hiato de dois anos, a banda mantém suas raízes. Realmente feito para os fãs e não para tocar em rádios na ”jabazeira” de sempre, caça níquel, virar modinha, sucesso cometa. E, talvez por isso, a banda prevalece no mundo do rock firme e forte.

Após a audição do novo CD, a primeira sensação é de que valeu a pena esperar quatro anos pelo lançamento. É um trabalho muito bom, que você ouve e já fala “isso é Godsmack” – principalmente na faixa “Generation Day”, que é a melhor de todo o disco! “Something Different” ganhou no início violoncelo e ficou muito interessante, seguindo com porrada na orelha.

Shannon Larkin solta toda a fúria nas baquetas, principalmente na música título (Mil Cavalos) seguida de roncos do motor de uma motocicleta. Por falar nessa faixa, é forte candidata para virar hino nos shows. Empolgante! Potente! Destaque também para os enérgicos riffs de Tony Rombola por todas as onze canções. Sully Erna segura todo esse peso instrumental com muita competência vocal.

Track list:

1. ’1000hp’
2. ‘FML’
3. ‘Something Different’
4. ‘What’s Next?’
5. ‘Generation Day’
6. ‘Locked & Loaded’
7. ‘Livin’ in the Gray’
8. ‘I Don’t Belong’
9. ‘Nothing Comes Easy’
10. ‘Turning to Stone’
11. ‘Life Is Good’

Assista ao clipe de 100hp:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário