G3 dá aula de guitarra no Credicard Hall na capital paulista

Por: Adriana Camargo

No último dia 12 de outubro a Time For Fun trouxe novamente ao país o projeto G3, trio de guitarristas formado atualmente por Joe Satriani (Chickenfoot), John Petrucci (Dream Theater) e Steve Morse (Deep Purple). A turnê “G3 2012 South American Tour 2012” veio ao Brasil para duas apresentações, uma no Rio de Janeiro, no Citibank Hall, no dia 11 de outubro e essa de São Paulo, no Credicard Hall, que nós fomos conferir. Criado por Joe Satriani em 1996, as turnês do G3 já contaram com a participação de Steve Vai, Eric Johnson, Kenny Wayne Shepherd, Robert Fripp, Yngwie Malmsteen, entre outros. O público no Credicard Hall, formado em sua maior parte por rapazes adolescentes e músicos, estava eufórico aguardando a apresentação dos “mestres da guitarra”.

Foto: Adriana Camargo/Universodorock
Foto: Adriana Camargo/Universodorock

Às 22h, o primeiro do G3 a pisar no palco com Steve Morse, com a sua “Steve Morse Band” formada por ele, Dave Larue (baixo) e Van Romaine (bateria). Morse é mais conhecido pela sua versatilidade e virtuosismo, além do trabalho dele no Deep Purple.

A primeira do setlist foi “Name Dropping” que é um fusion com solos virtuosos de guitarra e de baixo. Na sequência o trio tocou “Highland Wedding”, “On the Pipe”, “Vista Grande” e “John Deere Letter”, que tem uns toques e a agilidade da country music, principalmente nos solos de Morse. Logo depois eles tocaram “Baroque ”n Dreams”, música que lembra os grandes mestres barrocos de outrora. Tem um som suave e melódico de guitarra e baixo bem integrados. Puro virtuosismo e musicalidade. Em seguida Morse tocou “Rising Power” com solos de guitarra cadenciados e suaves, mas que depois vai adquirindo mais peso no desenvolvimento da música, com baixo e batera bem marcados. Para encerrar eles tocaram “StressFest” e “Cruise Control” do Dixie Dregs fazendo solos virtuosos de guitarra e baixo de tirar o fôlego do público presente. Foi genial o set dele.

Foto: Adriana Camargo/Universodorock
Foto: Adriana Camargo/Universodorock

Após um breve intervalo, às 23h15, John Petrucci subiu ao palco do Credicard Hall acompanhado por Mike Mangini, o atual baterista do Dream Theater e por Dave Larue (baixo). Vale ressaltar que Mangini se apresentou no G3 aqui em São Paulo usando uma camisa da banda brasileira Hangar, que é de Aquiles Priester, um dos bateristas que concorreu com ele ao posto de batera do Dream Theater. Interessante isso, pois é sinal que os dois devem ter ficado amigos após a breve convivência deles durante a disputa pelo cargo no DT. Ele abriu o set com “Damage Control” com solos virtuosos. Depois tocou “Cloud Ten” e saudou a galera com um “Good Evening”.

A terceira música foi “Jaws of Life” que é pesada e segue a linha de som que Petrucci adota no Dream Theater. “Zero Tolerance” foi a quarta faixa executada com solos precisos de Petrucci, com bateria bem marcada de Mangini seguida pela linha de baixo de Larue. A próxima “Glassy-Eyed Zombies” é um som mais metal com batera pesada e solos super rápidos de Petrucci na guitarra. A última do set de Petrucci foi “Glasgow Kiss” começou com um solo de guitarra que lembrou o Rush. Tem uma levada equilibrada e riffs marcantes. Ao término do show dele de aproximadamente 50 minutos a gritaria dos fãs foi geral, teve gente que levou até cartaz dizendo “Petrucci é o nosso rei”, escrito em inglês e ele leu.

Foto: Adriana Camargo/Universodorock
Foto: Adriana Camargo/Universodorock

Joe Satriani foi o último a se apresentar antes da jam final, subindo ao palco às 0h15 minutos. Ele abriu o set com “Ice 9”, seguida pelas clássicas “Satch Boogie” com seu som dançante e a bela “Flying in Blue Dream” com seus solos virtuosos. Na sequência teve até um brevw solo de teclado, que antecedeu “Crystal Planet” e “God Is Crying”.

O criador do G3 mostrava a cada solo e frase na guitarra porque ele é um dos melhores do mundo, além de ter sido o professor de várias feras da música como Steve Vai e Kirk Hammet (Metallica). Em seguida ele tocou a bela balada instrumental “Always with Me, Always with You”, arrancando suspiros e até lágrimas de muitos fãs. A próxima foi “Crowd Chant” e nessa hora a guitarra de Satriani abaixou o volume, mas o problema foi resolvido logo. E ele encerrou o set com a clássica “Surfing With the Alien”. Logo em seguida ele chamou ao palco Steve Morse e John Petrucci, e o G3 estava completo.

G3

Foto: Adriana Camargo/Universodorock
Foto: Adriana Camargo/Universodorock

O G3 começou a jam com a música “You Really Got Me”, cover do The Kinks e também gravada pelo Van Halen, e no meio da música eles incluíram trecho de Summer Song. Em seguida eles tocaram “White Room” do Cream (ex-banda de Eric Clapton), com trechos de Sunshine of Your Love também do Cream. Essa versão do G3 ficou sensacional!

Para encerrar esse grande show de 3 horas e meia de duração, a esperada “Rockin” in the Free World” cover de Neil Young com Satriani no vocal. Todos os músicos pareciam muitos felizes em dividir o mesmo palco, e o público agradeceu essa grande noite que o G3 proporcionou a todos!

Setlist Jam G3 (Joe Satriani, John Petrucci e Steve Morse):
1. You Really Got Me (The Kinks cover)
2. White Room (Cream cover)
3. Rockin” in the Free World (Neil Young cover)

Setlist Steve Morse Band (G3):
1. Name Dropping
2. Highland Wedding (Steve Morse song)
3. On the Pipe
4. Vista Grande
5. John Deere Letter
6. Baroque ”n Dreams
7. Rising Power
8. StressFest
9. Cruise Control (Dixie Dregs cover)

Setlist John Pretrucci (G3):
1. Damage Control
2. Cloud Ten
3. Jaws of Life
4. Zero Tolerance
5. Glassy-Eyed Zombies
6. Glasgow Kiss

Setlist Joe Satriani (G3):
1. Ice 9
2. Satch Boogie
3. Flying in a Blue Dream
4. Crystal Planet
5. God Is Crying
6. Always with Me, Always with You
7. Crowd Chant
8. Surfing with the Alien

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário