Evergrey garante noite de peso pesado do progressivo no Rio

Por Gustavo Franchini

Os suecos levantaram público animado no Theatro Rival

Foto: Daniel Croce

Em turnê mundial promovendo o lançamento do ótimo álbum The Atlantic (2019), o quinteto sueco do prog/power metal Evergrey, respeitadíssimo no cenário, desembarcou aqui no país em novembro para três shows da turnê, a começar pelo Rio de Janeiro (22), depois São Paulo (23) e fechando com Limeira (24). Foram 8 anos de aguardo dos brasileiros pelo retorno da banda, que angaria cada vez mais fãs. E a espera valeu a pena.

Despejando uma virtuose atrás da outra, o grupo liderado pelo vocalista e guitarrista Tom S. Englund tem o público nas mãos do início ao fim do espetáculo. E que espetáculo! Passeando no setlist por praticamente toda a sua discografia, em especial os álbuns Hymns for the Broken (2014), The Storm Within (2016) e o mais recente The Atlantic, o Evergrey mostra o por que de ser considerado uma das grandes revelações do prog metal da década de 90, na época em que lançou os seus maiores hits. Peso, técnica, originalidade, nuances harmônicas e feeling; a receita essencial pro sucesso no estilo.

Além de Englund com sua interpretação única nas canções, a cozinha conta com Henrik Danhage na guitarra, Johan Niemann no baixo, Rikard Zander no teclado e Jonas Ekdahl nas baquetas. Apesar do som de palco da casa não ter colaborado muito, pelo fato do volume de captação do microfone ter ficado abaixo da média necessária na maioria das músicas e o baixo praticamente inaudível (inclusive durante solo), o destaque vai para o baterista que dá aula do instrumento ao longo da noite. A qualidade da banda foi suficiente para relevarmos os problemas técnicos e, inclusive, dar mais energia aos integrantes, que se entregaram aos cariocas presentes naquela noite tão especial.

Foi bonito de ver como a plateia cantava praticamente todas as linhas vocais das músicas, somado às melodias dos momentos instrumentais. Cada segundo do show parece ter sido absorvido por todos, que estavam em completa sintonia com os músicos. O ‘sorrir’ era a expressão facial comumente observada naquele mar de headbangers, felizes em participar de mais uma celebração à boa música! Agora é aguardar pela volta do Evergrey em 2020, ano em que a banda comemora 25 anos de uma gloriosa e bem sucedida carreira.

Foto: Carolina Soares

SETLIST EVERGREY

1 – A Silent Arc
2 – Weightless
3 – Distance
4 – Passing Through
5 – The Fire
6 – Leave It Behind Us
7 – As I Lie Here Bleeding
8 – Black Undertow
9 – Monday Morning Apocalypse
10 – Words Mean Nothing
11 – I’m Sorry
12 – My Allied Ocean
13 – All I Have
14 – The Grand Collapse
BIS
15 – When the Walls Go Down
16 – Recreation Day
17 – A Touch of Blessing
18 – King of Errors

Confira a galeria de fotos do show:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.