Escape the Fate faz festa nostálgica em São Paulo

Por Fla Carvalho

Show com clima intimista se destaca por interação com fãs

Foto: Thamiris Sartori de Oliveira

Há pouco mais de 11 anos, a banda americana Escape the Fate lançava seu segundo álbum, primeiro do frontman Craig Mabbit, intitulado This War is Ours (2008). Desde então, muitas das músicas se tornaram verdadeiros hinos para os jovens emos da época. Com a turnê comemorativa de 10 anos do compacto, a banda se apresentou em São Paulo no sábado (26), na The House, antiga Hangar 110. A turnê está rolando desde o final do ano passado, e agora foi a vez de o Brasil entrar na rota.

Pouco mais de 19h e a fila para entrar na casa de shows virava a esquina da rua. Tudo bem que o local não é o maior do ramo em São Paulo, nem de perto, mas a quantidade de fãs que aguardavam para curtir um evento nostálgico foi admirável. Antes da apresentação principal da noite, a banda paulistana Verohni foi a encarregada de esquentar a galera. Com um som que transita entre o rock e o rap, a banda fez um show enérgico e muito competente. Com letras repletas de vertente política, os paulistanos fizeram o público entrar no clima.

Eram aproximadamente 21h quando Craig Mabbit (vocal), Kevin “Thrasher” (guitarra), TJ Bell (baixo) e Robert Ortiz (bateria) subiram ao palco da The House. “We Won’t Back Down”, como já esperado, foi a primeira música. A partir dali, todas do álbum This War is Ours foram tocadas na íntegra. A sensação era mesmo a de nostalgia. Não tinha como ignorar refrões como ‘I feel the pressure. It’s coming down on me. It’s turning me black and blue’ –  ok, a repórter que vos fala talvez tenha cantado todas a plenos pulmões.

Foto: Thamiris Sartori de Oliveira

Depois do álbum tocado na íntegra, ainda rolou “Do You Love Me”, “Empire” e “Broken Heart”, do mais recente I Am Human (2018); “Ungrateful” do álbum homônimo (2013) e “Gorgeous Nightmare”, do álbum Escape the Fate (2010).

Shows em lugares menores são legais porque tornam tudo mais intimista. A sensação ali era de uma banda tocando para amigos. E foi bem esse o clima mesmo. A todo momento, pessoas subindo ao palco, abraçando os caras, fazendo stage diving… Uma verdadeira loucura, mas valeu a pena.

A satisfação dos integrantes do Escape the Fate era palpável. Craig chegou a conversar várias vezes com os fãs, perguntar se estavam curtindo e até ‘happy birthday to you’ ele pediu para o público cantar, já que a filha dele, Leila, estava prestes a fazer aniversário, e ele queria homenageá-la. Olha, o momento foi tão intenso que até pedido de casamento rolou ao final do show. Com certeza uma noite memorável.

SETLIST ESCAPE THE FATE

1 – We Won’t Back Down
2 – On to the Next One
3 – Ashley
4 – Something
5 – The Flood
6 – Let It Go
7 – You Are So Beautiful
8 – This War Is Ours (The Guillotine II)
9 – 10 Miles Wide
10 – Harder Than You Know
11 – It’s Just Me
BIS
12 – Do You Love Me
13 – Empire
14 – Ungrateful
15 – Gorgeous Nightmare
16 – Broken Heart
17 – One for the Money

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.