Em noite de clássicos, Metallica faz show memorável no estádio do Morumbi

Por: Karla Beltrani

metallica01

No último sábado, 22/03, Metallica, um das maiores banda de metal do mundo se apresentou novamente em São Paulo. A abertura do show ficou por conta da banda inglesa Raven, que por coincidência teve o Metallica como banda de abertura dos shows nos Estados Unidos durante a turnê “All For One” de 1983. Apesar de não ser umas das melhores apresentações da banda, do atraso e dos problemas de som durante o show, o público foi receptivo com a banda.

E foi debaixo de forte chuva que o estádio do Morumbi recebeu mais uma vez o Metallica com a turnê “Metallica By Request” um setlist escolhido pelos próprios fãs através de uma enquete feita no site da banda, um show com clima totalmente intimista.

Minutos antes de o show começar, nos telões aparecem trechos de “The Good, The Ugly and The Ugly” “O Bom, O Feio e o Mau” e os fãs cantarolam a introdução ansiosos pela entrada da banda, e precisamente às 21h50min o show começa com “Battery”, segue com “Sanitarium” e“Fuel” com um público bastante empolgado e estimado em 65 mil pessoas.

“Master Of Puppets” põe o estádio abaixo, James Hetfield com todo o seu carisma interagiu o tempo todo com o público, a canção “Lords Of Summer” criada para essa turnê, foi a surpresa da noite para quem achava que o Metallica já não compunha mais como antes e que o baterista Lars Ulrich já não mandava tão bem no bumbo duplo como antigamente. E como não se arrepiar ao som de “One” e ver o estádio todo iluminado?

O fã Mario de Porto Alegre introduziu o clássico “Sad but true”. Thiago que é diretor do fã clube da banda em SP, subiu ao palco para anunciar a próxima música que seguiria, e para o delírio ele berrou, em inglês: “Are you ready?” “Are you ready for Creeping Death?” “Vocês estão prontos? Prontos para Creeping Death?”. E como depois de toda tempestade vem à calmaria o show seguiu com “Nothing Else Matters” e mais uma vez, estádio iluminado e vozes que se misturavam junto com a do vocalista e guitarrista James Hetfield.

metallica02

 

O entrosamento entre James Hetfield (vocal/guitarra), Kirk Hammet (guitarra), Roberto Trujillo (baixo) e Lars Ulrich (bateria), as brincadeiras no palco, tudo ali era perfeito até a chuva que caia. A música extra foi escolhida pelos fãs por SMS durante o show. Eram três opções entre as faixas que ficaram de fora das 17 escolhidas pela internet. Entre elas “The day that never comes”, “The memory remains” e “Ride the lightning”, a primeira foi escolhida e tocada em São Paulo.

“Enter Sadman” agitou e levou os fãs a loucura, entre uma música e outra, membros do fã clube subiram no palco para anunciar a música seguinte, e foi a vez da fã Carla, de Cascavel no (PR) anunciar outra “porrada” bem executada e nunca tocada antes no Brasil, “Whiskey in The Jar”.

A bateria de Lars teve destaque em “Seek & Destroy” e para o delírio dos fãs, enormes bolas pretas caíram do palco e se misturaram em meio ao público, uma grande festa para os amantes do Metallica.

James Hetfield agradeceu os fãs pelo carinho e os incluiu na “Metallica Family”, “Família Metallica” e fica mais do que claro todo o carinho e respeito da banda com os seus fãs, o carisma e a simpatia do vocalista James Hetfield, um show que sem dúvida alguma valeu a pena cada centavo, uma noite memorável para os fãs do Metallica.

metallica03

Confira o setlist:

1. Ecstasy of Gold
2. Battery
3. Master of Puppets
4. Welcome Home (Sanitarium)
5. Fuel
6. The Unforgiven
7. Lords of Summer
8. Wherever I May Roam
9. Sad But True
10. Fade to Black
11. And Justice for All
12. One
13. For Whom the Bell Tolls
14. Creeping Death
15. Nothing Else Matters
16. Enter Sandman
Bis:
17. Whiskey in the Jar
18. The Day That Never Comes
19. Seek & Destroy

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.