Edu Falaschi presenteia fãs em São Paulo com o espetáculo Temple of Shadows in Concert

Por Flavia Carvalho

Em noite sold-out, o vocalista não decepciona com expectativa gerada pelo evento, que terá gravação em DVD

Foto: Dani Moreira

O álbum Temple of Shadows é uma parte importante da história do Angra, além de ser muito especial para os fãs. Sabendo disso, Edu Falaschi resolveu trazer de volta esse legado em uma turnê comemorativa de 15 anos do disco. A turnê conta com a participação de vários convidados e com a Orquestra Filarmônica Bachiana, que tem como regente o prestigiado maestro João Carlos Martins.

Em São Paulo, o espetáculo – podemos chamar assim –  aconteceu neste sábado (04 de maio), no Tom Brasil, com direito a gravação de DVD e ingressos esgotados. Além de Edu Falaschi e da orquestra, o projeto conta com Aquiles Priester (bateria), Fabio Laguna (teclados), Roberto Barros (guitarra), Diogo Mafra (guitarra) e Raphael Dafras (baixo) no lineup principal.

A primeira parte do show foi voltada para o Temple of Shadows, este tocado na íntegra, como era de se esperar. O empolgante aqui foram as participações especiais, como a de Kai Hansen (Gamma Ray, Helloween, Avantasia), que subiu ao palco para cantar “The Temple of Hate”; Sabine Edelsbacher (Edenbridge) para cantar “No Pain for the Dead”; Mike Vescera (Obsession, Loudness, Yngwie Malmsteen e Dr. Sin) para cantar “Winds of Destination”; Tiago Mineiro para tocar “Sprouts of Time” e Guilherme Arantes para cantar “Late Redemption”.

Nessa primeira parte, Edu contou que sabia da importância que o Angra teve em sua vida, mas que não tinha percebido a magnitude disso para os fãs até ser aconselhado a continuar o legado, mesmo não estando mais na banda. Chegou a citar exemplos como Roger Waters (Pink Floyd), Roger Hodgson (Supertramp) e o próprio Ozzy Osbourne (Black Sabbath), falando sobre como todos eles fizeram projetos relacionados às bandas mesmo não estando mais nelas. O cantor fez questão ainda de afirmar o carinho que ele tem pelo Angra e que nunca falaria mal, além de relembrar que se sentia em um time, não em uma banda com músicos individualistas.

Depois de um breve intervalo, a banda voltou ao palco, mais uma vez com Guilherme Arantes, que tocou e cantou “Planeta Água”, de sua autoria. Também foram tocadas músicas do Edu Falaschi em seu projeto solo, como “Streets of Florence” (música nova cujo clipe foi lançado recentemente) e “The Glory of the Sacred Truth”. Além disso, rolou cover de “Rebellion in Dreamland”, do Gamma Ray, com Kai Hansen no palco, e “Seventh Sign” do Yngwie Malmsteen com Michael Viscera.

Foto: Dani Moreira

O público, que se mostrou incansável do início ao fim – foram mais de duas horas de show -, aplaudiu e cantou junto praticamente todas as músicas. De certo, a empolgação ganha um plus só por fazer parte de uma gravação de DVD, mas não dá para negar que o mérito foi mesmo da qualidade da apresentação. A Orquestra Filarmônica Bachiana foi uma excelente escolha para compor o evento, pois tornou tudo ainda mais grandioso e harmônico. Aliás, o maestro João Carlos Martins aproveitou para dizer que estava muito feliz em participar desse projeto.

A satisfação de Edu Falaschi foi outro ponto forte da noite. Era bem visível a felicidade do músico em conseguir montar esse show praticamente impecável. Todos os integrantes estavam na mesma sintonia. Isso sem contar o show à parte que Aquiles deu na bateria.

Esses e outros momentos do show poderão ser conferidos pelos fãs quando o DVD sair. O que podemos dizer é que vale a pena esperar!

SETLIST EDU FALASCHI’S TEMPLE OF SHADOWS IN CONCERT

Primeira parte

  1. Symphony No. 5 (de Ludwig van Beethoven com regência de João Carlos Martins)
  2. Gate XIII
  3. Deus Le Volt!
  4. Spread Your Fire
  5. Angels and Demons
  6. Waiting Silence
  7. Wishing Well
  8. The Temple of Hate (com participação de Kai Hansen)
  9. The Shadow Hunter
  10. No Pain for the Dead (com participação de Sabine Edelsbacher)
  11. Winds of Destination (com participação de Mike Vescera)
  12. Sprouts of Time (com participação de Tiago Mineiro)
  13. Morning Star
  14. Late Redemption (com participação de Guilherme Arantes)

Segunda parte

  1. Planeta Água (de Guilherme Arantes com participação de Guilherme Arantes)
  2. Summer (de Antonio Vivaldi com regência de Roberto Barros)
  3. Streets of Florence
  4. The Glory of the Sacred Truth
  5. Rebellion in Dreamland (cover de Gamma Ray com participação de Kai Hansen)
  6. Seventh Sign (cover de Yngwie Malmsteen com participação de Mike Vescera)
  7. Rebirth
  8. In Excelsis
  9. Nova Era

Confira a galeria de fotos do show:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.