Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e Audioslave, morre aos 52 anos

Por: Juliane Assis
Foto: Camila Cara/T4F

O homem com a voz que marcou os anos 90 e o movimento grunge, morreu nesta quarta-feira, 17 de maio. Chris Cornell, 52 anos, foi encontrado morto no banheiro do hotel em que se hospedava, o MGM Grand Detroit, horas após realizar um show com o Soundgarden.

Músico aclamado, além de vocalista do Soundgarden, também estava à frente de outros dois ícones da música, o Audioslave e o Temple of the Dog. A triste notícia surpreendeu a todos: a voz que marcou uma geração inteira nos deixou.

O artista nascido em Seattle ajudou a formar o movimento grunge junto a nomes como Kurt Cobain e Eddie Vedder, passou por várias bandas, se consolidou como um músico completo em sua carreira solo, e em sua carreira acústica, fazendo shows pelo mundo todo.

Cornell passou pelo Brasil com seu último álbum solo o “Higher Truth”, em dezembro do ano passado. No show, o vocalista parecia bem, ágil e feliz por estar no palco, não muito diferente do depoimento de sua mulher, no qual ela afirma que o marido não apresentava sinais de depressão, principal suspeita apresentada pelo laudo da pericia. A única certeza que nos resta é que hoje, o grunge chora.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário