Blackberry Smoke encanta em sua primeira turnê na cidade paulista

Por: Márcia Ito

Com uma série de três shows no país, eles passaram pelas cidades de Curitiba, Porto Alegre e São Paulo, apresentando um espetáculo memorável

A banda Blackberry Smoke nos palcos – Foto: Márcia Ito

A banda norte-americana de southern/country rock Blackberry Smoke encantou em sua primeira turnê pelo Brasil. Não é à toa que a casa Tropical Butantã (SP) estava lotada, considerando o número crescente de seguidores em suas redes sociais e mais de 26 milhões de visualizações em seus videoclipes no YouTube. O quinteto teve seu mais recente álbum Find a Light incluído na seleção “Best Albums of 2018” da Classic Rock Magazine e na NPR’s “Favorite Albums of 2018”.

Na capital paulista, os sorocabanos The RoadRunners abriram a noite, com um som que nos remete ao southern rock, country e hard rock. O som não estava muito bem equalizado, já que muitas vezes os instrumentos encobriam a voz do vocalista Luiz Pádua, porém isso não foi motivo para atrapalhar alguns casais que dançaram na pista. 

Já passava das 20hs quando as luzes se apagaram, e o Blackberry Smoke entrou no palco para o delírio da galera que os aguardava ansiosamente. De óculos escuros, o simpático vocalista Charlie Starr arrancou gritos entusiasmados dos fãs, juntamente com os seus demais integrantes: Paul Jackson (guitarra e vocal), Brandon Still (teclados), Brit Turner (bateria) e Richard Turner (baixo, vocais).

Além das músicas de Find a Light, o setlist foi extenso, abrangendo os grandes sucessos da carreira da banda. Surpreenderam a todos, já que tocaram músicas que não estão sempre em seus shows como: “Sunrise in Texas”, “Pretty Little Lie”, “Let me Help You Find the Door” e a sensacional “Up in Smoke”. Mas o destaque mesmo foi para o hit “The Whippoorwill”, a qual era requisitada pela plateia a todo momento, além do cover do The Beatles, a famosa “Come Together”.  Ficaram bonitas também as músicas “Ain’t Got The Blues” e “One Horse Town” com toda a casa de shows cantando a cappella.

A abertura ficou por conta da The RoadRunners – Foto: Márcia Ito

Charlie Starr não cansou de elogiar a participação do público, dizendo diversas vezes “Obrigado por ser um ótimo país” e “Obrigado por terem cantado tão bonito, São Paulo”. Arriscou até algumas palavras em português “Bonitas, bonitas” que, claro, ganhou a simpatia de todos. É uma pena que o som não estava 100%, já que para aqueles que estavam na frente da pista, o som estava claro e perfeito, no entanto, para os que estavam no fundo, mal se conseguia ouvir a voz de Starr. Mesmo assim, todos saíram com sorriso estampado no rosto e uma sensação maravilhosa de terem visto os seus ídolos pela primeira vez em solo tupiniquim.

Que venham mais vezes, pois os brasileiros já estão com saudades!

SETLIST BLACKBERRY SMOKE

1 – Let Me Help You (Find the Door)
2 – Six Ways To Sunday
3 – Good One Comin’ On
4 – Pretty Little Lie
5 – Waiting for the Thunder
6 – Best Seat in the House
7 – Let It Burn
8 – Sanctified Woman
9 – Sleeping Dogs/ Come Together
10 – Run Away From It All
11 – The Whippoorwill
12 – Ain’t Got The Blues
13 – Sunrise in Texas
14 – One Horse Town
15 – Like An Arrow
16 – Up in Smoke
BIS
17 – Flesh and Bone
18 – Ain’t Much Left of Me/ Mississipi Kid

Confira a galeria de fotos do show:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.