Avenged Sevenfold faz show enérgico em casa cheia no Rio de Janeiro

Por: Lívia Bueno

Foto: Paulo Cassio/Universodorock
Foto: Paulo Cassio/Universodorock

No último sábado os norte-americanos do Avenged Sevenfold apresentaram-se pela primeira vez no Rio de Janeiro. A banda também se apresentou em São Paulo e fará mais dois shows: um em Curitiba (6) e outro em Porto Alegre (7). A última apresentação dos rapazes no país foi no Festival SWU, que aconteceu ano passado na cidade de Itu, em São Paulo.

VEJA GALERIA DE FOTOS DO SHOW

A banda subiu ao palco quase que pontualmente, às 22h05 e não trouxeram banda de abertura. A novidade ficou por conta do novo baterista Arin Ilejay, que teve a ‘’difícil‘’ função de substituir Mike Portnoy (ex-Dream Theater), que deixou a banda ano passado, após substituir Jimmy Sullivan, morto em 2009. Alguns fãs estavam bastantes curiosos, mas digo que o baterista cumpriu seu papel e teve um ótimo desempenho.

Antes do início do show, a fila que se formou do lado de fora do Citibank Hall era quilométrica, dando a impressão de que de que a casa seria pequena demais e ficaria abarrotada. Porém, apesar de bastante cheio(mais de 5 mil pessoas), o show não lotou e a pista VIP fez jus ao nome, já que acomodava a todos com conforto e bastante espaço, tanto para locomoção como para ‘’bater cabeça’’!

Foto: Paulo Cassio/Universodorock
Foto: Paulo Cassio/Universodorock

O público era formado em sua maioria por jovens e adolescentes, que cantavam todas as músicas e foram ao delírio logo na primeira executada: Nightmare, do CD homônimo. Em seguida vieram Critical Acclaim e Welcome to the Family. No intervalo entre estas duas, o vocal M. Shadows, que interagia com a platéia boa parte do tempo, conversou com o público perguntando quem ja havia ido a algum show do Avenged.

Logo depois o pano de fundo com a caveira alada que caracteriza a banda foi substituído por um outro que estampava a foto do ex-baterista The Rev (Sullivan). M. Shadows anunciou então So Far Away, em tom de homenagem aos que já se foram. Em seguida os presentes foram agraciados com a seqüência Afterlife, God Hates Us, Bat Country e Unholy Confessions. Após o já manjado intervalo simulando o fim do show, a banda voltou para o bis ao som de Fiction e encerrou a apresentação com Save Me. Apesar do apelo da platéia clamando por A Little Piece of Heaven, a banda manteve a musica fora do set, deixando alguns fãs um pouco frustrados.

O set foi curtíssimo e o show não completou uma hora e meia, mas a escolha das canções foi satisfatória. Obviamente algumas músicas precisaram ser preteridas, mas no caso, as escolhidas agradaram bastante. O Avenged Sevenfold é formado por M. Shadows (vocal), Johnny Christ (baixo), Zacky Vengeance e Synyster Gates (guitarras).

Set List:

Nightmare
Critical Acclaim
Welcome to The Family
Beast and the Harlot
Buried Alive
So Far Away
Afterlife
God Hates Us
Bat Country
Unholy Confessions

bis
Fiction
Save Me

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário