Avenged Sevenfold esgota os ingressos em poucos dias para o show no Credicard Hall, em São Paulo

Por: Alan Cruz

avengedsp2No último domingo, 3 de abril, a banda Avenged Sevenfold lotou o Credicard Hall, em São Paulo, com cerca de 7 mil pessoas, a maioria jovens entre os 16 e 23 anos, muito animados e eufóricos com a presença da banda, liderada por M. Shadows, que volta ao Brasil como prometido no Festival SWU, em Itu, no final do ano passado. A apresentação ainda contou com jatos de fogo e fumaça, para delírio do público.

Apesar de ter sido anunciado para às 20h, no local, a assessoria já avisava a todos que o inicio seria às 20h30, o que não desanimou os milhares de fãs que esperavam para conferir o guitarrista Synyster, tão pop quanto o vocalista.

Nitidamente inspirado em Axl Rose, e com uma introdução nada convencional com música folk, Shadows liderou a primeira aparição dos californianos, com camisa xadrez, boné e óculos escuros de aviador, seguido de Synyster Gates, Zacky, Jhonny, Arin Ilejay, o novo batera que chegou nessa turnê. Após isso, o público vibrou com a introdução de Nightmare, que leva o nome do álbum, e, ao finalizar a música, Shadows disse: “Eu realmente não sei o que dizer, eu amo demais todas essas pessoas”, o que provocou gritos, e que se intensificaram no inicio da segunda música, a faixa Critical Acclaim e Welcome to the family, que levou os fãs a loucura, todos pulando, de mãos para cima, em sintonia com os músicos.

Uma das partes que emocionou a todos foi a homenagem a Jimmy, o ex-baterista que faleceu por causa de uma overdose. O Avenged tocou So Far Away, com um background no palco em que na ilustração todos os integrantes da formação original aparecem abraçados. Quando o público começou a gritar “Jimmy”, Shadows pediu que todos levantassem a mão e celebrassem a vida do filho da mãe que não estava mais entre nós.

No bis, toda a platéia gritava “Little peace of heaven”, porém, a banda tocou Fiction e Save me, cumprindo o set list anunciado previamente para os shows no Brasil, realizados no Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. Ao final, antes de distribuir baquetas, palhetas e uma bandana, Shadows afirma: “São Paulo, você é o nosso segundo lar. Voltaremos sempre que nos pedirem”. Agora, é esperar que o talentoso Shadows esteja preparado para os convites dos fãs, que prometem chamá-los diversas vezes, e que a animação e sintonia com o público se repita em inúmeras turnês da banda aqui no Brasil!

Setlist
01-Nightmare
02-Critical Acclaim
03-Welcome to the Family
04-Beast and the Harlot
05-Buried Alive
06-So Far Away
07-Afterlife
08-God Hate Us
09-Bat Country
10-Unholy Confessions (com riff de Crossroads no moshpit)|

Bis:
11-Fiction
12-Save Me

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.